NOSSA HISTÓRIA

Muitas de nós nos conhecemos do grupo de mulheres motociclistas, o Manascat, grupo fundado e liderado por Bruna Russi. Mas, apesar da amizade, do companheirismo e do amor pelas duas rodas, descobrimos juntas o poder do motociclismo para a superação. Superação de dificuldades que muitas encontramos em nossas vidas e até mesmo de relacionamentos abusivos, sejam eles amorosos ou familiares, que vão além da violência física e podem acontecer com qualquer um. 

 

Através do motociclismo percebemos que é possível ganhar independência e autonomia na vida, seja através do ir e vir, através das amizades que o motociclismo proporciona e tantos outros benefícios que cada uma encontra através da parceria com a sua moto.

Pensando nisso, Dio e Daia resolveram fundar um motoclube, uma estrutura sólida e organizada com um propósito social, apoiar mulheres através do motociclismo. 

 

A Ideia foi apresentada para a Evy, Blue e Meneghello que acreditaram na ideia e ajudaram a estruturar o clube. Uma matéria no site “Razões para acreditar” ajudou na divulgação e novos nomes entraram para consolidar a primeira formação, Kaká, Helen e JapaGirl, e Momô chegou para completar o time de ouro de fundadoras do Furiosas MC.

NOSSO BRASÃO

Nós nascemos de um conceito, não tínhamos nenhuma imagem que nos representasse, e denovo queríamos fazer diferente. Realizamos um concurso para a construção do nosso brasão, e para a divulgação deste concurso utilizamos a imagem cedida por Artur Caldeira, homem trans, que além da sua arte nos inspira com sua determinação. A Imagem do Artur virou nossa primeira camiseta, com o conceito “é só começo”, nossa primeira camiseta, nosso primeiro ano, só o começo.

 

O Concurso foi divulgado em sites de motociclismo, entre amigos e outros grupos de moto. Recebemos propostas de várias cidades, muitas ideias legais e uma delas até virou a marca do nosso suporte.

Entre as imagens recebidas, duas imagens se destacaram com o nosso ideal e realizamos uma votação entre as membras, e o mais votado foi eleito vencedor. 

O Brasão escolhido possui todos os elementos que traduzem a nossa essência. A Força e determinação da mulher, representada pela personagem Imperator Furiosa, a coroa resume a irmandade motociclista como uma engrenagem que movimenta toda uma estrutura e por fim, o broto verde, simbolizando nosso trabalho, acreditando que é possível, que basta plantar o bem que ele vai crescer e prosperar. Ajustamos a fonte e as cores, o verde precisava estar presente. O premiado pelo concurso foi ANDRÉ.

Brasão com marca de corte-04.png

NOSSA BANDEIRA

O Brasão escolhido só foi revelado no dia que levantamos a nossa bandeira, 20/02/2021. E só hasteamos a nossa bandeira quando estávamos prontas.

Da intenção de formar o clube até o nosso hasteamento, foi mais de um ano de muita conversa entre as fundadoras. Muita gente saiu, mas muitas entraram.

 

Foi um tempo de muito aprendizado e hoje com muito orgulho podemos dizer que somos um motoclube construído por nós, mulheres, para mulheres. Estudamos, discutimos e conversamos muito, mas nunca deixamos de ouvir os mais velhos. Percorremos muitos quilômetros, mas respeitamos quem está há mais tempo na estrada, como nossas madrinhas que estão presentes e que nos ajudam a crescer com sabedoria.

NOSSAS MADRINHAS

Somos um clube feminino que acredita e apoia o cenário feminino. Alguns clubes masculinos se ofereceram para serem os nossos Padrinhos, ficamos lisonjeadas com a oferta, mas recusamos porque queremos construir nossa história entre mulheres. Fomos atrás de apadrinhamento de um clube composto unicamente por mulheres.

 

Um clube com história, mulheres que estariam ao nosso lado, não apenas para cumprir com o protocolo. E foi então que nossa atual presidente saiu de São Paulo e foi até Recife de moto para fazer o pedido de apadrinhamento pessoalmente a uma das nômades do clube. A resposta só veio um tempo depois e com muita honra as GUERREIRAS MC aceitaram o nosso pedido.

 

Foi das mãos delas que recebemos a benção de podermos seguir em frente com nossos coletes.

IMG_9083.JPG.jpg

NOSSA ENCOLETAMENTO

O hasteamento da bandeira e entrega dos coletes ocorreu em uma cerimônia repleta de pessoas queridas nas dependências da CASA DA ÁRVORE, um lugar com uma estrutura ao ar livre e espaço para receber mais de duzentos motociclistas que estavam presentes em nosso primeiro evento. 

 

O Evento contou com a distribuição de 300 latas de Heineken Zero, sorteio de prêmios, banda composta por mulheres, Heavy Stock e do DJ de Rockabilly Yeis Lima.

 

Muitos vieram de outras cidades e nos prestigiaram nesse momento tão especial e pra nossa alegria muitos clubes e grupos femininos compareceram para nos apoiar e prestigiar, mesmo sem nos conhecerem e por todos nossa eterna gratidão.

 

Mas, a NOSSA HISTÓRIA não se encerra  no final deste texto. Temos muitos bons ventos e muitos e muitos quilómetros pela frente ao lado de toda  essa irmandade que hoje caminha (na verdade pilota) bem mais próximos do nosso coração. Esse é só o começo.